sydney sims 519706 unsplash 1320x540 - Será só cansaço? As mulheres e o desequilíbrio hormonal
Lifestyle

Será só cansaço? As mulheres e o desequilíbrio hormonal

O desequilíbrio hormonal pode ser a causa para uma série de sintomas que encaramos como típicos da maternidade. Sonolência, falta de energia, pouco apetite, líbido no mínimo… Um diagnóstico adequado é essencial para determinar se o cansaço que sentes é normal ou se precisas de acompanhamento especializado.

Qual é a função das hormonas?

As hormonas têm uma má reputação à conta de frases sexistas e tontas como “Estás com as hormonas aos saltos” e “São as hormonas”. As próprias mulheres, na gravidez, têm o hábito de atribuir às hormonas a culpa pelos seus comportamentos mais fora do comum. Mas, na verdade, qual é a função das hormonas?

As hormonas são “mensageiros” emitidos pelas glândulas endócrinas. Elas controlam a maior parte das funções corporais, desde as necessidades básicas (como a fome) às mais complexas (como a reprodução). Temos, no nosso corpo, várias glândulas encarregues de criar hormonas, como a tiróide (responsável pelas hormonas associadas ao gasto de calorias e à frequência cardíaca) , o hipotálamo (responsável pela temperatura corporal, pela fome e sede, entre outros) e o pâncreas (responsável por emitir as hormonas que controlam os níveis de açúcar).

Os testículos são os responsáveis pela hormona sexual masculina, a testosterona, e os ovários pelas hormonas sexuais femininas, ou seja, o estrogénio, a testosterona (que também faz parte do sistema hormonal feminino) e a progesterona.

Conhecer as hormonas femininas

Como já foi dito, o corpo feminino também produz testosterona. Esta é responsável pela saúde cognitiva da mulher. É também responsável por manter os ossos saudáveis e a líbido mais elevada.

O estrogénio é a principal hormona sexual feminina. É a hormona que desperta a puberdade, que prepara o útero (e o corpo no geral) para a gravidez e que regula o ciclo menstrual. Durante a menopausa, as mudanças bruscas nos níveis de estrogénio são as principais causadoras de sintomas que afetam a qualidade de vida da mulher. A progesterona é uma hormona similar ao estrogénio, regulando também o ciclo menstrual e desempenhando funções importantíssimas durante a gravidez.

Níveis demasiado altos ou demasiado baixos de qualquer uma destas hormonas podem ter efeitos na nossa saúde e bem-estar, resultando num desequilíbrio hormonal que precisa de ser avaliado por um médico.

Como saber se sofro de desequilíbrio hormonal?

A gravidez é um processo muito agressivo para o corpo e que pode ter repercussões a vários níveis, nem sempre imediatamente após o parto. Os efeitos do parto podem revelar-se até dois anos depois.

Não é garantido que ocorra, mas as mulheres experienciam frequentemente algum tipo de desequilíbrio hormonal nos anos seguintes ao parto. Os sintomas no desiquilíbrio hormonal podem ser:

  • Ansiedade, irritabilidade, instabilidade emocional
  • Cansaço constante
  • Baixa líbido
  • Queda de cabelo
  • Muita sede
  • Dificuldade de concentração

A melhor forma de garantires que está tudo bem contigo é consultar um médico. Os endocrinologistas são os médicos especializados na saúde hormonal; contudo, numa primeira fase, podes pedir ao teu médico de família uma análise geral.

Enquanto mulheres, somos donas de uma máquina perfeita que precisa de muito cuidado para se manter em pleno funcionamento. Às vezes, aquilo que achamos o resultado normal do ritmo diário esconde outros motivos. É muito importante que aprendas a ouvir o teu corpo. Para cuidares dos outros, tens de cuidar de ti primeiro.