zach lucero 799059 unsplash 1320x540 - Babywearing: o kit mãos livres das mães
Maternidade

Babywearing: o kit mãos livres das mães

O Babywearing é uma opção fantástica para acalmar o bebé durante os três primeiros meses de vida. Mas não fica por aqui: pode acompanhar as diversas fases de desenvolvimento da criança e ajuda os pais (ou outros cuidadores) a manter as mãos desocupadas para fazer outras tarefas.

Em poucas palavras, a palavra babywearing define a prática de carregar o bebé ou criança num pano ou mochila ergonómica. Usada durante anos, esta técnica caiu em desuso durante a industrialização, com a entrada no mercado dos carrinhos de passeio. Como famílias com menos dinheiro não conseguiam comprar carrinhos de passeio, o babywearing começou a ser relacionado às famílias mais pobres e, com o aumento do poder de compra das famílias, foi ficando esquecido.

Felizmente, esta tradição está a ser recuperada, um pouco por todo o mundo. Continua a ler e fica a conhecer os benefícios e quais as opções.

Quais são os benefícios do babywearing?

  • É um excelente apoio à amamentação, permitindo à mãe reconhecer mais cedo os sinais de fome do bebé
  • Reduz a ocorrência de deformações posturais no bebé e as lesões posturais em quem carrega
  • Permite ao bebé regular melhor as suas funções fisiológicas (respiração, batimento cardíaco e temperatura)
  • Reduz a ocorrência de episódios agudos de ansiedade pós-parto, fazendo com que a mãe se sinta mais confiante

Quais são as opções?

Existem diversas opções para carregar o teu bebé, mas nem todas poderão ser adequadas. As opções mais comuns são o pano (com argolas, elástico ou woven) e a mochila ergonómica. Dentro dos panos, o de argolas é o mais versátil e fácil de utilizar, mas, a partir de um determinado peso, pode tornar-se desconfortável tanto para quem carrega, como para a criança. Os panos elásticos, normalmente, só são recomendados a recém-nascidos e bebés pequeninos e requerem um pouco mais de prática para colocar. Os panos woven já suportam mais peso, mas também requerem prática.

As mochilas são a opção mais prática, mas também a mais dispendiosa. A regra de ouro do babywearing é que a opção escolhida suporte a criança de joelho a joelho, evitando concentrar o peso do corpo na virilha (como é muito comum nos marsúpios). Por isso, se escolheres a mochila como opção de babywearing, confirma se esta acompanha o crescimento do teu filho e se continuará a dar-lhe um bom suporte durante muito tempo. Da mesma forma, se o teu filho ainda for muito pequenino, procura um modelo de mochila que inclua adaptador para os primeiros meses.

Onde comprar?

Online, em loja… Hoje em dia há imensas opções. O importante é que, principalmente se és principiante, possas experimentar todas as soluções disponíveis para veres qual se adequa melhor a ti e ao teu filho.


Se ficaste curiosa, junta-te ao grupo Babywearing Portugal, onde podes pedir ajuda, ter acompanhamento gratuito de outras mães que já usam babywearing e encontrar várias opções para carregar o teu bebé!